Degustação de Espumante no Napa Valey

Categorias: Por onde andei, Viagens & Lifestyle, Vinho

Viajar pela Califórnia é uma grande oportunidade de conhecer a diversidade desse estados dos USA. Situado na costa oeste, as cidades são surpreendentes e pode esperar: bons drinks, bons vinhos e ótima comida! E claro, paisagens incríveis!

Tive a oportunidade de ir para Campbell dar uma aula sobre Culinária e falar um pouco sobre meu trabalho de Chef com Azeites no curso (que me formei) produzido por Olive Oil Times realizado no Instituto de Culinária, que por sinal também estudei lá há 6 anos,isso com certeza será em breve um post só pra contar essa parte incrível da viagem..

Napa Valley fica perto de San Francisco e vale a pena a visita para os amantes de vinho, como eu! Alugar um carro te traz facilidade para visitar as vinícolas ou passear pelas estradas como fiz. Existe a possibilidade de passeios de trens, vans e motoristas particulares.

Por ali, inicialmente tudo começou pela chegada de fazendeiros no início do século 19, na plantação de walnuts, frutas, berries e flores. Geograficamente uma região favorável devido ao clima estável, pouca chuva, muito sol, solo fértil e produtivo.A chegada do sucesso mundial na produção dos vinho veio na década de 70.

Em Napa, temos a cidade principal na qual fiquei hospedada no Hotel Andaz, e por sua extensão encontramos cidades como Yountville, Oakville, Rutherford, Santa Helena e Castiloga. Todas com muitas vinícolas, hotéis e características particulares que faz valer a visita! Entre a primeira, Napa e a última Castiloga percorremos apenas 42 km.

 

 

Espumantes da Califórnia

Por ali, são poucos os produtores de espumante, então considere esse tour fora de rota, como eu gosto!

Domaine Carneiros

A primeira parada foi é a Domaine Carneiros by Taitinger. Um maravilhoso castelo no alto da montanha cercado de muitas videiras já emociona! A empresa se instalou em Napa Valley em 1987 e em pouco tempo já realizou grandes feitos com seu espumante renomado diretamente de Paris,cheio de espuma, mesmo!

Pedimos a degustação clássica de espumantes de uvas brancas e rose, além de uma tábua de queijos para acompanhar harmonizado com os vinhos escolhidos,atendimento muito cordial e por ali ficamos por volta de 02 horas. Vale ressaltar que precisa agendar horário!

O primeiro da esquerda para direita é um espumante bem seco, com baixíssimo açúcar que acompanha muito queijos bem fortes! Já o segundo Estate já me agradou mais com aromas clássicos de fermentação do espumante com leveza, ótimo para começar um jantar ou servir na sobremesa!

A supresa é o espumante Rosé, com uma alaranjada linda, sabor de frutas vermelhas e com certeza com frutos do mar seria ideal!

Para finalizar, o espumante bem adocicado que me lembrou até um pouco de caramelo!

O mix de queijos que foi servido especialmente para harmonizar com os espumantes da Califórnia foi bem interessante: queijo de cabra para o primeiro, cheddar para o segundo, damascos com o rose e torradas com queijo Brie e geleia de maçã.

A paisagem desse lugar torna tudo mais especial! No dia o céu estava bem azul, as parreiras verdes e com uvas! Sim, dica importante: se quiser ver uvas antes de serem colhidas e ainda poder comê-las diretamente do pé, vá em agosto ou na primeira semana de Setembro!

Chandon

Esse ano tive a honra de visitar a Chandon na França, e ver de perto a tradição do método e aonde tudo começou! Por aqui, a loja é bem luxuosa, em propriedade muito bem cuidada! O serviço é bem americanizado no estilo self-service. Sem muito glamour!

Nessa rodada eu adorei o clima bem à vontade, passaria horas por ali.. pedimos uma degustação de queijos, com menos variedade entretanto mais farta. Adorei o queijo típico Américano de queijo de cabra e de cabra, achei incrível!

Muum

De lá fomos para a última visita, na Mumm, fomos recebidos na porta com um lindo jardim, muito florido e com uma paisagem que tirou meu fôlego e me fez ficar admirando e agradecendo o Universo pela oportunidade de estar ali!

Aliás, falando em agradecer,você costuma ir viajar com sentimento de gratidão?

Faz toda diferença!

O restaurante muito bem decorado com atendimento cordial é uma das famosas vistas da região de Cordero

O espumante feito pelo método francês, na mistura de um blend de 58% Pinot Noir, 28% Pinot Noir, 28% Chardonnay e 6% Pinot Gris,faz com que o vinho seja diferenciado e bem adocicados!

Dicas

O que achei muito legal é que nas vinícolas não serve comida para valorizar os restaurantes locais, e claro, nesse dia contratamos um motorista particular que foi muito simpático e prestativo, nos apresentou diversas regiões e explicou curiosidades e o melhor: agendou as degustações e nos levou para almoçar.

Deixe seu comentário!